Teatro Geo recebe a série de espetáculos “Percursos do Butô”

A Fundação Japão realiza o evento dedicado à dança Percursos do Butô: legados e perspectivas, com dois dias de apresentações gratuitas nesta terça e quarta-feira (dias 26 e 27), às 21h, no Teatro GEO, no complexo Ohtake Cultural, em São Paulo. Um workshop, destinado a dançarinos, também será ministrado no dia 28.

Com quatro peças distintas no programa, a Fundação Japão, neste evento, visa pincelar um panorama do cenário atual do Butô, que foi conhecido pelo mundo como a dança das trevas (Ankoku Butoh) nos anos 60. Dois dias, quatro propostas. E os artistas que se apresentam são: o mexicano Diego Piñón que foi discípulo de Kazuo Ohno, o japonês Kota Yamazaki que conheceu o Butô com Akira Kasai, e os brasileiros Emilie Sugai e José Maria Carvalho, ambos fortemente influenciados pelo diretor coreógrafo Takao Kusuno (1945-2001), o precursor do Butô no Brasil.

As apresentações acontecem nesta terça e quarta (dias 26 e 27), no Teatro Geo

Foi Kusuno quem concretizou a primeira turnê do Kazuo Ohno no país, em 1986, e também deixou sua marca através da Cia Tamanduá de Dança Teatro, com obras como a lendária obra O Olho do Tamanduá, em que explorou o encontro da expressão da cultura brasileira com o universo Butô, e que contou com Emilie Sugai e José Maria Carvalho no elenco, entre outros.

 

Serviço:

Percursos do Butô: legados e perspectivas
Teatro GEO
Rua Coropés, 88, tel. 3728-4925 (metrô Faria Lima)
Dias 26 e 27, às 21h
Grátis.

 

Veja também!...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>