Nova Zelândia aprova lei que legaliza o casamento homossexual

Na Nova Zelândia, o casamento entre pessoas do mesmo sexo deve entrar em vigor a partir de agosto (Foto: Reprodução)

Nesta quarta (dia 17), a Nova Zelândia legalizou o casamento entre pessoas do mesmo sexo. Numa decisão histórica, o parlamento aprovou o projeto de lei por 77 votos a favor e 44 contra. Dessa maneira, o país se torna o primeiro da região Ásia-Pacífico que aprova a medida, e o 13º do mundo.

A lei do casamento gay, defendida pelo primeiro-ministro de centro-direita John Key, foi apresentada por Louisa Wall, deputada homossexual do Partido Trabalhista, da oposição. “A lei considerava os neo-zelandeses homossexuais como seres inferiores em relação aos outros cidadãos. Este texto permite garantir que o Estado não discrimine nenhuma categoria da população em função da orientação sexual”, disse a deputada à agência de notícias francesa AFP.

(Foto: Reprodução)

O texto teve uma forte oposição da Igreja Católica e de grupos conservadores, como o Family First (Primeiro a Família), que acusou os responsáveis políticos de minarem a instituição tradicional do casamento sob pressão dos militantes homossexuais. No entanto, a lei deixa claro que as Igrejas podem se recusar a presidir casamentos homossexuais, se considerar que fazê-lo entra em conflito com as suas crenças.

Entre os países que também aprovam a lei: Dinamarca,  Suécia, Noruega, Islândia, Portugal, Espanha, Holanda, Bélgica, Argentina, Canadá, África do Sul e Uruguai.  A Austrália, vizinha da Nova Zelândia, rejeitou o casamento gay em setembro de 2012.  A proposta segue em discussão nos parlamentos da França e dos Estados Unidos. Na Nova Zelândia, o casamento entre pessoas do mesmo sexo deve entrar em vigor a partir de agosto. Vale lembrar que até 1986 a homossexualidade era penalizada no país.

Veja também!...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>