São Paulo acaba de ganhar mais um restaurante peruano: o Maremotto

Descendente de japoneses e nascido no Peru, o chef Daniel Jitsuya sempre gostou de valorizar suas origens por meio da gastronomia. Misturando essas influências, que resultam na chamada cozinha Nikkei, ele acaba de inaugurar em São Paulo o Maremotto, restaurante nipo-peruano com toques contemporâneos e algum tempero brasileiro.

(Foto: Leo Feltran-Divulgação)

Camarões ao Pisco (Foto: Leo Feltran-Divulgação)

Daniel começou sua trajetória em Lima, como um dos sócios da rede Osaka. Ao deixar a sociedade, o chef passou uma temporada em Buenos Aires, onde há três anos abriu o sofisticado restaurante M, em funcionamento na capital argentina. No Brasil há quase um ano, Daniel e Etelvina Scarcelli, sua esposa e sócia, embarcam no crescente acolhimento da comida peruana. Eles oferecem, no Maremotto, um atendimento personalizado – cuidado de perto por Etelvina – em um salão para 60 pessoas com cozinha à vista dos comensais. O Maremotto é uma casa onde dos donos conhecem seus clientes e suas preferências.

(Foto: Leo Feltran-Divulgação)

Summmer Roll (Foto: Leo Feltran-Divulgação)

Instalado no Itaim Bibi, a arquitetura da casa apresenta um ambiente contemporâneo despojado, com ampla iluminação natural. Quem gosta de comer ao ar livre, pode optar pelas mesas da varanda. No segundo andar, no lounge de espera, o cliente aguarda em confortáveis sofás e poltronas, degustando drinques.

Para começar a refeição, o cardápio tem um amplo elenco de entradas. Há tiraditos, ceviches, makis, temakis, sashimis e nigiris, que são reforçados por pratos quentes com sotaques de várias nacionalidades. Em todos eles, é notável a presença de insumos cuidadosamente selecionados e técnicas apuradas de cozinha. O toque brasileiro está no uso de alguns ingredientes, como a pimenta-dedo-de-moça, palmito pupunha, a mandioquinha e as castanhas.

Entre os ceviches, clássicos peruanos, a assinatura de Jitsuya se observa no Ceviche Supreme, que leva cubos de pescada branca, camarões e rodelas de lula, cebola roxa, coentro, pimenta-dedo-de-moça, tudo em leite de tigre clássico. Na finalização, o prato leva ainda chicharrón de lula (ou, em português, lula à dorê) e chips de mandioquinha. Para compartilhar, os Tiraditos, primos peruanos dos sashimis.

Destaque para o Tiradito Maremotto e Salada de vieiras ou polvo com leite de tigre, aioli de pimenta-amarela, acompanhado de uma salada verde com fios de cenoura, tomate cereja, tofu, chips de mandioquinha e limoneta de leite de tigre e azeite de oliva. Quem quiser começar com um maki (os tradicionais enrolados japoneses), pode experimentar a variação feita com folha de arroz no lugar do tradicional nori e sem arroz.

(Foto: Leo Feltran-Divulgação)

Ambiente (Foto: Leo Feltran-Divulgação)

O Summer Roll tem recheio de camarão, abacate, castanha de caju, manga e coentro e traz um molho agridoce com castanhas, que embebe com doçura os delicados e refrescantes cones. Outra opção oriental é a variação do nigiri Crispy  – arroz crocante de missô, pimenta confitada e tartare picante de atum ou salmão, à escolha do cliente. Como entrada quente, a sugestão do chef é o Camarões ao Pisco. Flambado no tradicional destilado peruano, traz camarões fritos e temperados com uma redução do próprio caldo. Chegam acompanhados de pesto nikkei e batatas assadas.

O cuidado na preparação de cada prato e os toques autorais de Daniel também são vistos entre os principais. Entre eles, há uma seção, a Salud Orgânicos, exclusivamente dedicada aos ingredientes dessa natureza. Lá estão sugestões como o Papillote de Pescado, peixe branco servido sobre uma cama de legumes orgânicos, cozidos no vapor e vinho branco, e o Quinotto de Hongos Silvestres, um risoto de quinua com quatro cogumelos: paris, shitake, shimeji e funghi porcini, que acompanha peixe branco do dia grelhado, disposto sobre legumes flambados ao estilo nikkei.

(Foto: Leo Feltran-Divulgação)

Quinotto de Hongos (Foto: Leo Feltran-Divulgação)

Ainda entre os pratos principais, o menu traz um Gnocchi três Quesos & Ragu de Mariscos, e um curioso Saltado Costa & Campo, à base de camarão e carne com tomate e cebola roxa salteados no wok e temperados com pisco e shoyu, acompanhado de tacutacu nikkei de feijão cremoso e arroz thai. Para finalizar, Tiramisu de Iogurte & Baileys, uma leitura da clássica da sobremesa com iogurte e calda à base de Baileys, ou Biscuit Relleno de Atemoya, biscuit de amêndoas recheado de atemoya, fruto originário dos Andes, coberto de chocolate.

Para beber, o indispensável Pisco, que aparece em seis variações de coquetéis na carta da casa. Entre elas se destacam o Passion Pisco e o Chilcano. O Maremotto conta também com uma enxuta e seleta carta de vinhos, com 30 rótulos da bebida.

Serviço:

Maremotto
ua Dr. Mario Ferraz, 479, Itaim Bibi, tel. (11) 2309-3060.

Veja também!...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>