Bailarinos cegos dançam o clássico “O Quebra Nozes”

A Associação Balé para Cegos, sob direção de Fernanda Bianchini, realiza única apresentação de O Quebra Nozes, nesta sexta-feira (dia 29), às 21h, no Auditório Ibirapuera. No elenco, 87 bailarinos com deficiências visual, física, auditiva ou mental mostram uma versão do clássico conto natalino, inspirado na obra de Alexandre Dumas. O público também conta com audiodescrição.

Tchaikovsky pode não ter vislumbrado isso, mas o grupo mantido pela Associação Balé para Cegos, pensa há 18 anos como viabilizar a produção, apresentação e fruição de obras de artes cênicas considerando na plenitude a questão da acessibilidade. “Ficamos felizes em poder mostrar ao público nossa arte e deixar claro que a deficiência visual não é um limitador quando se tem determinação”, diz Fernanda. “É um método pioneiro que permite ao deficiente visual dançar balé de forma graciosa como qualquer outro bailarino. O aprendizado se inicia no toque, o passo é ensinado a cada aluno pelo contato”, completa.

Para o público cego ou dotado de baixa visão, o recurso de audiodescrição estará disponível. Por meio de uma narração, são destacados os principais elementos em cena, permitindo a quem escuta ter uma noção completa do andamento do espetáculo. A audiodescrição também se preocupa em não sobrepor a narração a elementos sonoros importantes.

dançaa

Foto: Denise Andrade/Divulgação

Serviço: 

O Quebra Nozes
Associação Balé para Cegos – Fernanda Bianchini
Auditório Ibirapuera
Dia 29 de novembro, às 21h
90 minutos
R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)
Classificação: Livre

Veja também!...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>