Editora lança livro sobre as principais bacias hidrográficas do Brasil

Um roteiro poético sobre uma pluralidade de olhares, criando um belíssimo diálogo entre natureza e cultura nas regiões das três principais bacias hidrográficas do Brasil. Em síntese, esse é o ponto de partida do livro Prata – São Francisco – Amazonas: união das águas, imaginário das grandes bacias fluviais brasileiras (R$ 105), resultado do encontro das memórias do artista plástico Bené Fonteles e do jornalista e editor Marcelo Delduque, responsáveis pela concepção e organização da obra, que acaba de chegar às principais livrarias do país.

livro

Tendo em comum o gosto pelas viagens e uma profunda reverência pelas coisas do Brasil, Fonteles e Delduque reviraram seus “baús de lembranças”, traçando a cartografia afetiva que delineou a obra, publicada agora pela Alles Trade Editora, com o patrocínio da empresa União Química. Em suas 360 páginas, o livro propõe uma espécie de viagem afetiva pelas três principais bacias fluviais do país, dos rios da Prata, São Francisco e Amazonas, por meio de trabalhos de fotógrafos, poetas, escritores, artistas plásticos, que possuem intimidade com a realidade e o vasto imaginário dos grandes rios brasileiros. Os organizadores acrescentaram, ainda, descrições e relatos de antigos exploradores, naturalistas, cartógrafos e historiadores.

livros

Capa do livro

O conjunto iconográfico do livro traz desde os olhares contemporâneos de fotógrafos como Caio Reisewitz, Claudia Andujar, Christian Cravo, Maureen Bisilliat e José Medeiros, até imagens históricas de Marcel Gautherot, Pierre Verger e Albert Frisch. Vale ressaltar ainda, no campo da fotografia, o ensaio inédito de Araquém Alcântara com cinco imagens aéreas da Bacia Amazônica, além de olhares documentais, em ensaios sobre o Pantanal, de Izan Petterle e Luciano Candisani, fotógrafos do staff da revista National Geographic Brasil.

Esse mosaico de imagens é encadeado com textos de autores consagrados como, por exemplo, um poema do escritor amazonense Milton Hatoum e outros três poemas relacionados à bacia do Prata, de Manoel de Barros. Há ainda uma poesia sobre o Rio São Francisco, de Carlos Drummond de Andrade, a letra de música Milonga das Sete Cidades, de Vitor Ramil, sobre a bacia do Prata, além de ensaios de Euclides da Cunha, Mário de Andrade e Érico Veríssimo, entre tantos outros.

Ainda, nessa pluralidade de olhares sobre o universo ribeirinho dessas três regiões brasileiras, estão registros fotográficos das instalações da exposição que o estilista Ronaldo Fraga realizou sobre o São Francisco e reproduções de pinturas, gravuras e desenhos, tanto de nomes atuais como de artistas viajantes tais quais Franz Post, Hercules Florence e Aimé Adrien Taunay. Além disso, também foram resgatados relatos de aventureiros de todas as épocas: Gaspar de Carvajal, Richard Burton, Saint Hilaire, Spix e Martius, Cabeza de Vaca.

livr

Veja também!...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>