Irmãos são acusados de matar homossexuais em Manaus após se relacionarem com as vítimas

Jucenildo Soares Damascena, de 18 anos, e Ricardo Damascena Cunha, de 19, estavam foragidos desde 2013. Os irmãos são acusados de matar o estudante de jornalismo Steve Host da Costa Barros, 32, homossexual assumido, que foi encontrado morto no dia 29 de novembro, na zona leste de Manaus.

O delegado Orlando Amaral, titular da Delegacia Especializada Em Roubos e Furtos (DERF), descreveu os criminosos como “maníacos” e “extremamente frios”. A dupla é suspeita de matar ainda outros nove homossexuais. De acordo com as investigações, todos foram assassinados do mesmo modo: estrangulamento seguido de pauladas.

Os acusados Jucenildo e Ricardo Damascena (Reprodução)

Os acusados Jucenildo e Ricardo Damascena (Reprodução)

Steve Host da Costa Barros: uma das vítimas dos irmãos (Reprodução

Steve Host da Costa Barros: uma das vítimas dos irmãos (Reprodução

“Eles se relacionavam com as vítimas e, após praticar o roubo, matavam para não serem descobertos”, declarou o delegado.

Os dois foram presos nesta semana, localizados no bairro Santa Etelvina, Zona Norte de Manaus. Durante a apresentação, Ricardo Damascena deixou clara sua atitude homofóbica ao relatar o que motivou o crime.

“Matei ele porque era ‘veado’ e não pagou o que devia. Ele me prometeu dinheiro, disse que se eu largasse o emprego me daria muito. Não me arrependo. Morreu, morreu. É menos um gay”, declarou o acusado.

Apesar da atitude da dupla demostrar crime de ódio, o caso será investigado como crime de latrocínio. Foram encontrados com os irmãos Jucenildo e Ricardo, o tênis, o celular, a máquina filmadora e um notebook da vítima.

Veja também!...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>