ONG publica vídeo de tortura e espancamentos a gays na Rússia

gayatA homofobia na Rússia agora pode ser vista até por quem está longe do país. Nesta semana a ONG Human Right Watch (HRW) divulgou um vídeo que registra diversos momentos de ataques a homossexuais.

Nas imagens é mostrada a humilhação sofrida por gays e lésbicas, além de agressões. Na maioria das vezes, os vídeos são publicados na internet por líderes dos grupos homofóbicos. A ONG apenas fez um compilação dos registros.

Na Rússia, foram ouvidos 2.437 gays em uma pesquisa realizada pela Russian LGBT Network antes da lei que proíbe qualquer tipo de manifestação ou ‘propaganda’ da homossexualidade ser aprovada. Deste número, 56% disseram já ter sofrido algum tipo de assédio psicológico. Já 16% disseram já ter sido agredido fisicamente.

Enquanto 7% afirmaram ter sofrido violência sexual e 8% dizem que foram detidos, pelo menos uma vez, em razão de sua orientação sexual. Além disso, 77% também dizem não ter confiança na polícia, por isso, uma grande parte dos gays nem registra a violência.

Vale lembrar que um dos principais líderes desses ataques contra a comunidade LGBT da Rússia foi preso em Cuba. Maksim “Tesak” Martsinkevich, que aparece diversas vezes nas imagens divulgadas pela ONG, estava foragido depois te ter sido condenado pela Justiça de Moscou por “incitar o ódio”.

No vídeo há também depoimentos que esclarece esse cenário, vítimas de violência que relataram a recusa da polícia em investigar e punir tais agressões.

Assista!

Veja também!...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>