Restaurant Week chega à sua 14ª edição em São Paulo

Criado nos anos de 1990 em Nova York, o Restaurant Week chegou ao Brasil em 2007 e de lá para cá vem movendo multidões em torno desse festival gastronômico. Presente em mais de 20 cidades brasileiras, com a exigência de que o restaurante participante tenha menu e preço fechados para o jantar e almoço, já virou parte do calendário regional. Em São Paulo, o festival acontece entre os dias 17 e 30 de março. E pensando em ajudar projetos sociais, quem visitar uma das casas participantes poderá ajudar com R$ 1,00 (um real) ou mais, uma instituição social previamente definida pelo evento. Durante o período, o público vai pagar R$ 37,90 pelo almoço e R$ 49,90 pelo jantar.

do La Grassa (Divulgação)

Carpaccio de pupunha, rúcula selvagem, vinagrete de tomates, castanhas laminadas e queijo da Canastra, do La Grassa (Divulgação)

do Almodovar (Divulgação)

Tarta de Santiago, do Almodovar (Divulgação)

As duas semanas da tradicional Mostra Gastronômica, são a oportunidade que o consumidor tem para conhecer pratos criados exclusivamente para a ocasião a preços convidativos. “Muitas vezes uma pessoa deixa de frequentar um bom restaurante com receio do valor final da conta. Como durante o festival ela já sabe exatamente o que vai pagar, aproveita para conhecer o cardápio e rever seus conceitos”, explica Fernando Reis, responsável pelo Restaurant Week no Brasil.
Desde o 2º semestre de 2013, foram criados temas para cada edição estimulando a criatividade dos chefs ao desenvolver o menu.

Para a 14ª edição do São Paulo Restaurante Week, o chef Felipe Mirasierras, do Praça São Lourenço, elaborou um menu bem caprichado. São duas opções de entradas, três pratos principais e duas sobremesas com uma diversificada utilização de ingredientes. O menu é válido apenas para o jantar. Entre os pratos: Salada de rúcula selvagem, abóbora assada, queijo da Canastra, castanhas brasileiras e vinagrete de limão galego, Mandioquinha assada, requeijão cremoso, carne seca frita e vinagrete de pimentão, Bijupirá grelhado, molho de moqueca, mandioca confit e farinha de milho, Costela braseada com arroz carreteiro, mandioquinha palha e vinagrete de pimenta biquinho e Frango assado com batata doce, cebolas caramelizadas, milho grelhado e farofa de ovo caipira. Para a sobremesa, Pudim de tapioca com melaço de cana e coco laminado e Gateau de chocolate com cupuaçu e sorvete de nata.

No Via Castelli, as opções são as seguintes no almoço: Salada Caprese (fatias de tomate, mussarela de búfala, manjericão, azeite e sal), Bruschetta Italiana (tomate temperado e manjericão fresco), Lasanha de Pescada Branca (filés de pescada intercalados com fatias de berinjela, rodelas de tomate, mussarela de búfala, molho de tomate fresco, azeite e uma pitada de orégano, gratinados no forno) e o Filet Woronoff (filé mignon cortado em cubos, flambado no whisky e na manteiga, puxado no catupiry e acompanhado de arroz com brócolis). No jantar, as opções são Bacalhau al Ajo Arriero (lascas de bacalhau cozidas com tomate fresco, pimentões, cebola, alho laminado e azeite – acompanha arroz com grãos) e novamente o Filet Woronoff. Em ambos os horários, duas opções de sobremesas: Taça de Morangos Frescos com Chantilly ou Pudim Cremoso de Milho Verde.

do Via Castelli (Divulgação)

Taça de Morangos, do Via Castelli (Divulgação)

No Almodovar, quem escolher o almoço vai poder saborear as seguintes opções: Tigres (casquinha de mexilhão empanada e frita com toque de pimenta Jiquitaia), Ajo Blanco (sopa fria de amêndoas, uva e um toque de alho), Pesca del dia con escalivada y castanhas de caju (filé de peixe Almodovar acompanhado por saldada de vegetais e castanha de caju). E, para finalizar, a Ensalada de fruta com granita de Maracujá chega à mesa geladinha para refrescar. Outra opção para adoçar o fim da refeição é a Tarta de manzana com helado de crema y canela.

Para o jantar, Piquillos rellenos de bacalao y jalea de biquinho, feito de pimentão assado na brasa, recheado com bacalhau e geleia de pimenta biquinho, e a Salmorejo, tradicional sopa fria de tomates, acompanhada de jamón serrano, ovo cozido e croutons. Depois, a sugestão é a Pesca del dia con arroz con mejillones y couve frito, que incorpora à receita um ingrediente que tem espaço garantido na dieta dos brasileiros: a couve. Outra criação do chef é o Solomillo de cerdo marinado en “pimenton de la vera” con puré de mandioquinha, um tenro filé mignon suíno marinhado com páprica espanhola e o brasileiríssimo purê de mandioquinha. Ao fim desta viagem gastronômica que percorre Espanha e Brasil por meio da fusão de matérias primas típicas, o cliente pode optar entre dois doces: o Churros com chocolate y Dulce de leche ou a Tarta de Santiago, uma delicada torta de amêndoas acompanhada por sorvete de mel.

gastro sao lourenço

Costela braseada com arroz carreteiro, mandioquinha palha e vinagrete de pimenta biquinho, do Praça São Lourenço

No La Grassa, as sugestões são: Carpaccio de pupunha, rúcula selvagem, vinagrete de tomates, castanhas laminadas e queijo da Canastra, Polenta cremosa com lulas salteadas, tomate pimentão, cebolas e coentro, Tagliatele a carbonara Brasileiro: carne seca, ovos caipiras e requeijão cremoso, Gnocchi de batata ao ragu de rabada e agrião, Raviolli de abóbora com cogumelos e rúcula ao leve molho de tomates frescos. Para a sobremesa: Mousse de mascarpone com calda de goiabada.

No Baruk, no almoço as opções são: Salada Fatuch (alface, pepino, tomate, rabanete, cebola, ervas picadas e grãos de romã temperados com especiarias), Trio de Pastas (babaganuch, coalhada seca e hommus), Arroz Marroquino (arroz com carne moída, frango desfiado salpicado com amêndoas e snoubar), Estrela Baruk (arroz sírio, mini almôndegas de kafta, regado com coalhada temperada, salpicada de amêndoas, snoubar e grãos de romã rodeado de pão sírio torrado). Como sobremesa, Sorvete de canela com calda de nozes ou Dois Mini folhados variados.

Já no jantar, o menu apresenta Salada Baruk (mix de folhas verdes, erva doce, tomatinhos, grãos de romã, salada de grão de bico apimentado e queijo feta), Kibe Cru de Ervilha, Kafta de Cordeiro (carne moída de cordeiro e temperos árabes), Kibe assado com nozes (kibe assado recheado com nozes e carne temperada à moda árabe, acompanhado de cebola roxa temperada). Como sobremesa, Sorvete de miski com calda de frutas vermelhas ou Mhalabie com calda de damasco. Para os vegans, a casa oferece saborosas opções de pratos como o Falafel (bolinhos de fava temperado à moda árabe acompanhado de saladinha) e o Arroz com lentilha (arroz com lentilha rodeado de chip de mini berinjela e coberto com cebola frita).

Para ter acesso a todos os restaurantes que participam desta edição do Restaurant Week clique AQUI.

 

Veja também!...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>