Galeria Leme apresenta mostra gratuita da peruana Sandra Gamarra

Até o dia 3 de maio, a Galeria Leme apresenta a mostra O Que Nos Fez Modernos / Imagens Nítidas em Ambientes Úmidos, da artista peruana radicada na Espanha: Sandra Gamarra.

galeriaa

Dada a corrente promessa de modernização no Peru, que deve ser compreeendida como a real presença do Estado no país e portanto como um direito à cidadania para cada indivíduo, a exposição reflete sobre o que aconteceu no Peru durante a primeira era da modernidade ainda incompleta e o que significou a sua posterior falta de concretização.

Uma tentativa de criar “imagens nítidas num ambiente úmido” é como o sociólogo Aníbal Quijano descreve a impossibilidade de se fazer poesia de vanguarda em Lima, o que também pode ser extrapolado ao campo das artes visuais.

galeirAs imagens nítidas que Quijano fala se referem às máquinas, à indústria e às novas ideias, que em uma cidade como Lima, sem um polo industrial próximo e sem desenvolvimento técnico, foram impossíveis de serem criadas e disseminadas.

Esse ambiente úmido não se refere apenas ao clima real da cidade mas também à “umidade social”, que seria o produto de uma contínua efervescência vinda de um nacionalismo imposto, dos vapores de um multiculturalismo lentamente criado e da permanente oxidação dos processos sociais.

A falha do Estado em concretizar sua própria modernização se tornou o embrião, para que anos mais tarde, grupos terroristas começassem a emergir no país, durante as décadas de 1980 e 1990. Esta violência foi necessária, porém, para que o povo peruano começasse a enxergar a si próprio como uma sociedade multicultural e pluralista.

Utilizando as icônicas pinturas Homage to the Square, do artista Josef Albers como um ponto de partida, Sandra incluiu, de forma quase invisível, imagens desta violência terrorista, que se revelam apenas se o espectador se aproximar da pintura: um movimento contrário ao proposto pelos pintores modernos.

Lidando ainda com a violência, a série que foi nomeada a partir do titulo da exposição, O Que Nos Fez Modernos, consiste de 10 pinturas criadas em tons graduais de cinza, e têm exatamente as mesmas medidas dos blocos de concreto com os quais a própria galeria foi construída.

Deste modo, segundo a visão da artista, os trabalhos se rendem à arquitetura e convivem com ela em um ato completamente moderno. Se olharmos para eles à distância, essa gradação da escala de cinza Kodak, coexiste sem entrar em qualquer atrito com a arquitetura do local, porém, em cada canto destes monocromos clínicos, uma série de imagens aparece e quebra essa transição.

Por fim, os vídeos intitulados Abstractions, Natural Landscape e Ashes to Ashes conferem três reflexos da delicada relação entre a herança Pré-Colombiana, o presente rural e a cultura ocidental, à luz das promessas de desenvolvimento e modernização.

Serviço:

O Que Nos Fez Modernos / Imagens Nítidas em Ambientes Úmidos, de Sandra Gamarra
Galeria Leme
Av. Valdemar Ferreira, 130
De segunda a sexta, das 10h às 19h; sábados, das 10h às 17h
Até 3 de maio
Grátis.

Veja também!...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>