CCBB-SP exibe mostra de filmes canadenses

Entre os dias 16 de abril e 4 de maio, o Centro Cultural Banco do Brasil de São Paulo apresenta a mostra Tão Longe, Tão Perto – O Cinema Canadense, composta por 15 filmes, entre eles Waydowntown, de Gary Burns, nunca exibido no Brasil.

Cena do filme C.R.A.Z.Y. (Divulgação)

Cena do filme C.R.A.Z.Y. (Divulgação)

A cuidadosa seleção traça um panorama da pungente produção cinematográfica do Canadá, por meio de títulos independentes e outros clássicos pouco revisitados, como Ouvi as Sereias Cantando, de Patrícia Rozema; Léolo, de Jean-Claude Lauzon, e Jesus de Montreal, de Denys Arcand, além de filmes recentemente consagrados por público e crítica, como Incêndios, de Denis Villeneuve, C.R.A.Z.Y, de Jean-Marc Vallée, Entre o Amor e a Paixão, de Sarah Polley, e a mais recente realização do cultuado diretor canadense, David Cronenberg, Cosmópolis.

A mostra revela ao público brasileiro a diversidade de referências culturais e poéticas do Canadá, além aproximar do público e dos realizadores nacionais as experiências criativas e de produção independente daquele país. “Embora muito distintos – ‘longe’ – geograficamente, em termos de história, de ocupação econômica, de características climáticas, Canadá e Brasil têm em comum a convivência cotidiana com a diversidade étnica e cultural, o que acaba por torná-los relativamente próximos, ‘perto’ um do outro”, explica o curador da mostra, Marcos Ribeiro de Moraes.

Cena do filme Leôlo (Divulgação)

Cena do filme Léolo (Divulgação)

As abordagens por vezes irreverentes, por vezes nada convencionais, têm em comum a contundência de tocar em feridas, em desvelar preconceitos, a liberdade de refletir sobre temas espinhosos, comuns não somente ao Canadá mas ao mundo em que estamos inseridos. Assim, a mostra busca traçar um panorama variado e consistente do cinema canadense, cinema esse acolhido em festivais de relevância mundial, e cada vez mais influente na indústria hollywoodiana de hoje.

Cena do inédito waydowntown (Divulgação)

Cena do inédito waydowntown (Divulgação)

Debate
No dia 26 de abril (sábado), das 16h30 às 18h30, acontece um debate com o público com a presença de André Sturm, distribuidor e exibidor de filmes e atual diretor do Museu da Imagem e do Som de São Paulo, e do curador da mostra, Marcos Ribeiro de Moraes. As senhas são distribuídas por ordem de chegada e a lotação é de 70 lugares.

Para ouvir a trilha sonora da mostra, clique AQUI.

Veja a programação completa!

TAO LONGE

Serviço:

Tão Longe, Tão Perto: O Cinema Canadense
Centro Cultural Banco do Brasil de São Paulo
Rua Álvares Penteado, 112, Centro, tel. (11) 3113-3651 (Metrô Sé)
De 16 de abril a 4 de maio
R$ 4 (inteira) e R$ 2 (meia).

Veja também!...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>