Novo canal na internet busca irreverência ao lidar com tema da diversidade

Por Zeca Bral

Que falta programação destinada ao público LGBT na televisão brasileira todo mundo sabe, o curioso é notar que mesmo na internet a coisa ainda engatinha com baixo investimento em conteúdo do gênero. Mas de que gênero? Pois bem, para estas questões e todas as outras que dizem respeito à diversidade, estreia nesta terça-feira (dia 15) o canal Põe na Roda, com programação focada no humor, lifestyle e informação para os LGBTs e seus simpatizantes.

(Foto divulgação)

(Foto divulgação)

A ideia do projeto partiu do roteirista Pedro HMC que já assinou textos dos extintos Furo e Comédia MTV (2010 a 2012), nos programas Fritada e Vamos Rachar do Multishow (2013), e que atualmente colabora nos quadros de Dani Calabresa no CQC, além de assinar uma coluna semanal de humor no jornal Folha de S. Paulo chamada Factóides.

“Sempre tive uma grande vontade de escrever humor, de levar conteúdo para esse público que pouco se vê representado na mídia (quando representado, normalmente é uma esquete sem graça num programa de humor meia boca). Você vê um monte de programas segmentados, mas o público gay em geral tem pouca representação, até na internet”, diz o roteirista que também atua e dirige os vídeos do canal.

Fizemos algumas perguntas para ele, as respostas você confere abaixo e logo depois é só dar play para assistir ao vídeo de estreia. Ah, e não se esqueça de curtir a fanpage do canal, pois “a cada curtida um bebê gay é salvo na Rússia!”, garante o bem-humorado Pedro. Nós do GiraSP preferimos não arriscar e salvar quantos bebês russos forem necessários, por isso o projeto conta com o nosso apoio.

GiraSP • Como surgiu a ideia de criar o Põe na Roda?
Pedro HMC – Queria criar um canal, mas não queria fazer mais um que competisse com o que já tem de sobra (canais de culinária, maquiagem, videologgers, esquetes de humor, etc.), e aí pensei em juntar 2 coisas nas quais tenho algum conhecimento de causa seja pelo meu trabalho ou pela vida: juntei humor e gay e saiu o Põe na Roda (risos).

GiraSP • Por que você acha que ainda não existe conteúdo suficiente para o público LGBT no Brasil?
Pedro – Você liga a TV a tarde e só assiste a programas formatados para o público feminino. Quarta a noite vê futebol competindo com desfile de lingerie disputando o público masculino. Na TV a cabo você tem canal para homem, para mulher… mas e para o público gay? Fora do Brasil existem muitas alternativas: reality shows, seriados, canais exclusivos de conteúdo na TV, canais na Internet, enquanto aqui ainda engatinhamos… até é possível achar algumas iniciativas nesse sentido, mas mesmo assim ainda é pouco.

GiraSP • Há algum apoio institucional para a criação do canal?
Pedro – Não, estamos fazendo na raça. Escrevo roteiros, convenço, ou amorosamente obrigo amigos a participar, gravo, edito, mas claro que nada se realiza sozinho, também tenho amigos que ajudam muito de maneiras diferentes. Vou citar alguns nomes porque foram fundamentais de maneiras diferentes. Seja ajudando com incentivo moral, produção, dando sugestões pra roteiros, cedendo equipamento e, principalmente, tendo paciência com a minha ansiedade.

GiraSP • Existe um elenco fixo para este projeto?
Pedro – Como o projeto é 100% na raça, chamei principalmente amigos pra participarem, esses as vezes já é difícil, imagina se não fossem amigos. Uns chamo desde o começo e pretendo continuar chamando, mas como cada vídeo tem uma pegada diferente, claro que o elenco pode mudar. Tem vídeo de esquete, entrevista, depoimento, gameshow, tudo depende. Acho que um elenco fixo pode vir a acontecer naturalmente, mas nada totalmente definido por enquanto.

GiraSP • Qual programa gay você costuma assistir na TV ou internet?
Pedro – Baixo muito seriado na Internet e assisto Raising Hope, American Horror Story, Orange is the new black e Modern Family são meus favoritos. Brasileiro, até por trabalhar com TV, tento assistir de tudo. Tanto programas bons quanto os muito ruins me fascinam de maneiras diferentes.

GiraSP • Qual a expectativa em relação à recepção do público?
Pedro – Estou tentando não criar expectativa e deixar acontecer, mas espero que seja uma resposta suficiente pra poder continuar esse trabalho que acabei de começar e já tem me realizado muito. Até porque tem mais um monte de ideias anotadas que quero muito colocar em prática nos próximos videos.

Serviço:

Youtube: youtube.com/CanalPoeNaRoda

Facebook: Facebook.com/PoeNaRoda

Instagram: @PoenaRoda


Veja também!...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>