Inscrições abertas para Programa de Fomento ao Cinema Paulista e Prêmio Estímulo de Curta–Metragem

Estão abertas as inscrições para o Programa de Fomento ao Cinema Paulista e Prêmio Estímulo de Curta–Metragem. O prazo termina no dia 11 de agosto. Com investimento de R$ 9,2 milhões, os editais serão destinados à produção ou à finalização de obras cinematográficas. O incentivo integra diversos programas de apoio à cultura do Governo do Estado de São Paulo que, juntos, somam cerca de R$ 210 milhões inteiramente dedicados a produções cultural em diferentes linguagens artísticas.

Programa de Fomento ao Cinema Paulista contará com R$ 8 milhões, investidos pela Sabesp, por meio da Lei Rouanet. Serão distribuídos prêmios para produção e finalização de filmes em longa-metragem nos gêneros ficção, animação e documentário. Na modalidade produção, o valor máximo de apoio será de R$ 800 mil para cada projeto, totalizando R$ 6 milhões. O valor restante será destinado aos projetos de finalização, com prêmios individuais de R$ 300 mil, totalizando R$ 2 milhões.

A seleção das produções será realizada pela Secretaria de Estado da Cultura, que avaliará vários critérios de seleção, entre eles a qualidade estética dos projetos, se estão previamente aprovados pela Agência Nacional de Cinema – ANCINE e se o diretor do projeto reside no Estado de São Paulo comprovadamente há mais de 2 anos. Como contrapartida, desde 2012, todos os beneficiados também devem produzir cópias com legenda, com o intuito de ampliar o acesso ao conteúdo para pessoas com deficiência auditiva.

O Programa já viabilizou a execução de diversos filmes reconhecidos pela crítica e contemplados por prêmios nacionais e internacionais, entre eles, o longa Uma História de Amor e Fúria, um dos pré-selecionados no Oscar 2014 na categoria animação, além de sucessos de público como O Cheiro do Ralo (Heitor Dhalia), Antônia (Tata Amaral), Reflexões de um Liquidificador (André Klotzel), A Casa de Alice (Chico Teixeira), Um Homem de Moral (Ricardo Oliveira), É proibido Fumar (Anna Muylaert) e As Melhores Coisas do Mundo (Laís Bodanzky).

Já o Prêmio Estímulo de Curta–Metragem, criado em 1968, é um dos pioneiros no país enquanto política de incentivo à produção de curta-metragem. Em 2014 serão destinados R$ 1,2 milhão, que beneficiarão 15 projetos de filmes com duração igual ou inferior a 25 minutos, nos gêneros ficção, documentário e animação. Os projetos serão selecionados por meio de concurso – à semelhança do que acontece no ProAC Editais. Cada contemplado receberá R$ 80 mil para realização do projeto. No ano passado, foram registradas 268 inscrições.

Para mais detalhes sobre o Programa de Fomento ao Cinema Paulista, clique AQUI.

Para mais detalhes sobre o Prêmio Estímulo de Curta–Metragem, clique AQUI.

Curta a página do Gira SP no Facebook!

cinema2-e1378989712605

Veja também!...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>