Espetáculo aborda a dança de duas nações: Ketu e Angola

Nos meses de outubro e novembro o espetáculo Mangalê – A terra que me transforma fará algumas apresentações gratuitas em São Paulo em diversos espaços culturais. A montagem consiste em um projeto de pesquisa e produção de um espetáculo artístico de dança, abordando duas Nações: Ketu e Angola.

A palavra nação é usada no candomblé para distinguir seus segmentos, diferenciados pelo dialeto utilizado nos rituais, o toque dos atabaques, a liturgia. A nação também indica a procedência dos escravos que lhe deram origem na nova terra e das divindades por eles cultuadas.

mangale

Distinguir as semelhanças e diferenças de linguagem de cada Orixá/Nkise, ligado a sua história, mitologia e principalmente no pé de dança. Permitindo um maior acesso dessa cultura sem ser colocada a religião em pauta, abordar esse tema em São Paulo é basicamente tirar a pesquisa de dentro das casas de Candomblé e expandi-la até a comunidade, levantando resultados para uma consciência de preservação do patrimônio cultural afro-brasileiro e o resgate das suas origens e valores.

Com apresentação itinerante, passando por oito pontos, a estreia será nesta quarta-feira (dia 15), às 20h45, no Centro Cultural da Penha.

Confira a programação completa:
15 de outubro – 20h45 – Centro Cultural da Penha
22 de outubro – 20h45 – Centro Cultural da Penha
29 de outubro – 20h45 – Centro Cultural da Penha
01 de novembro – 18h – Fábrica de Cultura Sapopemba
5 de novembro – 21h – Casa de Cultura Butantã
7 de novembro – 20h30 – Quilombaque
14 de novembro – Inzo Tumbansi
15 de novembro – 20h30 – Quilombaque
26 de novembro – 21h – CEU Perus
29 de novembro – Ilê Aganã Axé Labure

Veja também!...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>