MIS promove festival gratuito de cinema italiano

Entre os dias 18 e 23 de novembro, o MIS (Museu da Imagem e do Som) recebe a primeira parte do 10º Festival de Cinema Italiano de São Paulo. Realizado pela Câmara Ítalo-Brasileira de Comércio, Indústria e Agricultura, junto ao Instituto Italiano di Cultura, o evento apresenta nesta edição uma retrospectiva em homenagem ao centenário do nascimento do diretor, roteirista e ator Pietro Germi, um dos pais do neorrealismo italiano. A mostra acontece no Auditório MIS e tem entrada gratuita, com retirada de senha com uma hora de antecedência na recepção do museu. Integrando o Festival, acontece a exposição fotográfica de Gianni Pinnizzotto, Os mestres do cinema italiano.

pietro

Cena de Divórcio à Italiana

“Há cem anos nascia, em Gênova, Pietro Germi, diretor, ator e roteirista com a capacidade de emocionar plateias do mundo inteiro, provocando sorrisos e lágrimas no mesmo filme, misturando os tons altos e o sentimentalismo, passando por roteiros neorrealistas e histórias de denúncia social sobre temas como a máfia e a imigração”, resume Renato Poma, Diretor do Instituto Italiano de Cultura de São Paulo, sobre a importância do homenageado deste ano.

Os seis filmes que compõem a retrospectiva são verdadeiros clássicos da filmografia do cineasta, joias raras para qualquer apreciador da história do cinema mundial. Entre os longas estão O Caminho da esperança (1951), vencedor do Urso de Prata no primeiro Festival de Berlim, e a “trilogia barroca” de Pietro Germi: Divórcio à italiana (1961), Seduzida e abandonada (1964) e Senhoras e Senhores (1965).

Exposição Os mestres do cinema italiano
Integrando a mostra, acontece a exposição fotográfica de Gianni Pinnizzotto, Os mestres do cinema italiano, composta por cerca de 25 fotos em PB. O projeto nasceu em 2009 como uma ideia de Pinnizzotto. Grande conhecedor do cinema italiano e também apaixonado pela sétima arte, o fotógrafo pensou em fazer retratos dos grandes mestres do cinema italiano nos locais onde conceberam ou escreveram seus filmes. Os locais das fotos foram escolhidos pelos diretores de cinema, muitas vezes sua própria casa.

As imagens foram clicadas usando somente a luz natural presente das locações escolhidas, a opção pelo preto e branco foi também pensada como veículo para evocar os anos mais significativos da produção cinematográfica italiana. Entre os mestres clicados estão Mario Monicelli, Ettore Scola, Franco, Paolo e Vittorio Taviani, Carlo Lizzani, Silvano Agosti, Luciano Emmer, Lina Wertmuller, Giuliano Montaldo, Citto Maselli, Luigi Magni, Pasquale Squitieri, Ugo Gregoretti, Ruggero Deodato e Dario Argento.

Entre os dias 27 de novembro a 3 de dezembro, o evento segue no Caixa Belas Artes com a exibição de 16 filmes de cineastas italianos contemporâneos influenciados pela obra de Germi.

A programação completa você encontra AQUI.

pietro1

Cena de O Caminho da Esperança

Serviço:

Museu da Imagem e do Som
Avenida Europa, 158, Jardim Europa, tel. (11) 2117 4777
De 18 a 23 de novembro
Grátis.

Veja também!...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>