Cacá Carvalho estreia espetáculo criado a partir da obra de Dostoiévski

Cacá Carvalho tem uma trajetória incomum, um percurso de vida artística único. Teatro, cinema, TV, tudo fez ou faz parte de seu cotidiano. Mas o que o interessa verdadeiramente é perscrutar o homem e sua crise em viver, esse é centro da questão para ele. Por isso agora, ineditamente, ele se debruça no texto Memórias do Subsolo, escrito por Fiódor Dostoiévski e estreia no dia 14 de março, às 20h, no Sesc Santo Amaro, o seu novo espetáculo, 2 x 2 = 5 O Homem do Subsolo.

Foto: Roberto Palermo/Divulgação

Foto: Roberto Palermo/Divulgação

Há exatos 21 anos, Cacá estreava seu primeiro Pirandello: O Homem com a Flor na Boca , depois vieram, A Poltrona Escura e umnenhumcemmil . Portanto, Pirandello sempre foi um autor que o motivou em suas digressões artísticas e filosóficas do fazer teatral. Agora, com Dostoiéviski em 2 x 2 = 5 O Homem do Subsolo, Cacá Carvalho quer colocar em cena todo o universo subterrâneo de um homem que abandona o convívio social e tem como bem precioso (e também seu sofrimento), a consciência do significado de estar aqui, entre os vivos, entre os seres humanos.

Em cena, um homem que, depois de passar a vida à procura de um pensamento consciente, aprofundou-se no subsolo de si mesmo. Ali, a luz da consciência transformou-se em escuro, transformou-se naquilo que de mais terrível possuímos. Ali está um homem cínico, um homem amargurado, um homem sem hipocrisias que gira, fazendo piadas sobre si mesmo. O que vemos em cena é um espetáculo-confissão, que não deixa espaço para a hipocrisia. O personagem de Dostoiévski é um homem amoral, que mergulha nas profundezas para encontrar o sagrado.

Foto: Roberto Palermo/Divulgação

Foto: Roberto Palermo/Divulgação

O espetáculo é resultado dessas questões ancoradas na literatura de Dostoiévski. É um espetáculo que balança o ânimo e obriga a reflexões. Estar de acordo com todo o discurso do personagem, deste homem que sofre de fígado, que grita contra o mundo verdades e não verdades, estar de acordo com tudo é difícil, porque significaria acabar com qualquer perspectiva de viver uma existência minimamente decente, porém, os pontos que ele toca, que nos revela, guia-nos na direção de uma descida escura na nossa consciência.

A equipe com a qual o artista trabalha se mantém a mesma há 27 anos: na direção Roberto Bacci, no cenário e figurino Márcio Medina, na dramaturgia Stefano Geracci e na luz Fábio Retti.

 

Serviço:

2 x 2 = 5 O Homem do Subsolo
Sesc Santo Amaro
Rua Amador Bueno, 505, tel. 11 5541-4000
De 14 de março a 25 de abril
Quintas e sextas, às 21h; sábados, às 20h
R$ 20 (inteira), R$ 10 (meia) e R$ 6 (comerciário).

Veja também!...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>