Galeria Leme recebe exposição de Marcia de Moraes

Até o dia 1 de agosto, a Galeria Leme apresenta a exposição Atos Falhos, de Marcia de Moraes. A mostra é composta por um conjunto de trabalhos atravessado por um movimento contínuo que se interrompe e se prolonga a cada desenho. À imagem de turbilhões contidos, as obras vibram com uma pulsação interna, ritmada por um eterno desencontro entre pleno e vácuo, entre cor e branco do papel.

Foto (Ding Musa/Divulgação)

Foto (Ding Musa/Divulgação)

Desenhando diretamente sobre o papel, sem um projeto prévio, Marcia de Moraes utiliza o desenho anterior como parâmetro para elaborar uma nova composição. À maneira de um cadavre exquis, é ele que sugere o traçado, as zonas de cores e as linhas de força.

Atualmente, por mais que os trabalhos conservem uma harmonia compositiva, na qual no seu conjunto as massas de cores se equilibram, é mais difícil discernir uma ordem subjacente ao desenho, que parece ser transpassado por uma corrente vertical ou horizontal, fazendo com que o olhar seja levado para fora dos limites da folha. Os vazios ganham em proporção, invadem toda a superfície dos desenhos, em uma trama intrincada de lacunas. É no ato mesmo de olhar que o hiato entre forma e fundo deve ser suprido.

A mostra fica em cartaz até 1 de agosto

A mostra fica em cartaz até 1 de agosto

Não à toa, é neste momento em que a ideia de ruptura se faz cada vez mais presente na sua obra, que a artista começa a desenvolver um trabalho de colagem. Marcia utiliza fragmentos de seus desenhos, resquícios de potenciais composições, e os agencia em uma disposição nova que resulta em um emaranhado complexo de tramas e cores. A fragmentação de seus desenhos é aqui materializada por uma descontinuidade efetiva que se dá não somente pela interrupção do traçado, mas também, em um plano físico, pela sobreposição dos diferentes planos de papel.

Cada vez mais, essa dinâmica de frestas que fissuram os desenhos e colagens da artista, parece induzir um deslocamento do olhar. Essa ideia de quebra remete à noção psicanalítica de “atos falhos”, que dá nome à exposição.

Serviço:

Atos Falhos, de Marcia de Moraes
Galeria Leme
Av. Valdemar Ferreira, 130
Até 1 de agosto
De terça a sexta, das 10h às 19h; sábados, das 10h às 17h
Grátis.

Veja também!...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>