Cia Vagalum Tum Tum apresenta obras de Shakespeare ao público infantil

Foto: Maria Tuca Fanchin/Divulgação

Cena de O Bobo do Rei (Foto: Ivson/Itaú Cultural)

No mês de julho, a Cia Vagalum Tum Tum, dirigida por Angelo Brandini, encerra – no Teatro Viradalata – a sua mostra de repertório Shakespeare para Crianças, apresentando mais duas montagens premiadas e sucessos de sucesso de crítica e público, que trazem para o universo do teatro infantil clássicos de Shakespeare.

Cena de Othelito (Foto: Maria Tuca Fanchin/Divulgação)

Cena de Othelito (Foto: Maria Tuca Fanchin/Divulgação)

Abrindo a programação do mês, o público terá a chance de ver e rever nos dias 11 e 12 de julho a montagem de O Bobo do Rei, adaptação do clássico de Shakespeare, Rei Lear. E, para encerrar a mostra com mais uma montagem premiada, a companhia encenará nos dias 18, 19, 25 e 26 de julho, o Vencedor do Prêmio APCA 2007 e FEMSA 2007 de Melhor Texto Adaptado: Othelito, adaptação de Othelo. As apresentações ocorrem sempre aos sábados e domingos, às 16h.

Em O Bobo do Rei, o objetivo é introduzir crianças a partir de seis anos ao universo deste importante dramaturgo, com elementos capazes de manter o interesse também dos adultos, já que boa parte da plateia é constituída por pais e acompanhantes, e dar continuidade ao projeto de adaptação de clássicos do teatro universal ao público infantojuvenil pelo autor e diretor Angelo Brandini, junto à Cia. Vagalum Tum Tum e aos Doutores da Alegria.

Nesta montagem, os elementos trágicos originais de Rei Lear são substituídos pela graça e poesia do Palhaço, o que a torna extremamente interessante para as crianças e os adultos. O Bobo do Rei conta a história de um rei que, cansado de tanta responsabilidade, decide dividir seu lindo reino entre as três filhas. Convencido de que elas o amam, resolve que a partilha será feita de acordo com as declarações de amor que elas lhe fizerem.

Cena de O Bobo do Rei (Foto: Ivson/Itaú Cultural)

Cena de O Bobo do Rei (Foto: Ivson/Itaú Cultural)

Goneril e Regane, as ambiciosas filhas mais velhas, capricham em suas manifestações, o que causa grande prazer ao velho rei. Mas quando chega a vez de Cordélia, a mais jovem, o rei fica desiludido com as expressões de afeto que ela lhe dedica e a renega como filha, decidindo que viverá com Goneril e Regane, um mês na casa de cada uma. Não demora, porém, para que as duas filhas mais velhas se mostrem falsas e ardilosas, abandonando o rei à sua própria sorte. É então que Cordélia toma a decisão de se disfarçar de bobo da corte para poder ficar perto do pai.

A intenção é levar ao público a discussão sobre o que é essência e o que é apenas aparência, vaidades e exageros do ser humano sob o ponto de vista do Bobo da corte, arquétipo que exerceu papel importantíssimo, já que usava sua aguçada inteligência para se fazer passar por tolo e dizer todas as verdades que os poderosos precisavam ouvir. A relação entre o idoso e a criança, representados pela figura do rei e do bobo respectivamente, será explorada no sentido de reforçar o valor e o respeito a estes dois momentos da vida de todos nós.

 

Serviço:

Mostra Cia Vagalum Tum Tum – Teatro Viradalata
O Bobo do Rei – Dias 11 e 12 de Julho
Othelito – Dias 18, 19, 25 e 26 de Julho
Teatro Viradalata, Rua Apinajés, 1387 – Sumaré
Classificação Etária: A partir de 6 anos
R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)
60 minutos.

Veja também!...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>