Oficinas Culturais do Estado de São Paulo divulga cursos gratuitos e programação cultural

A programação trimestral das dez Oficinas Culturais mantidas pela Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo no interior paulista – e gerenciadas pela organização social Poiesis – promete manter o ritmo de atividades em 143 municípios de todas as regiões do Estado. Até o momento, estão definidas, entre oficinas gerais e ações de novos programas, 445 atividades e 17.669 vagas/lugares.

Entre os nomes de destaque, estão os atores e palhaços Hugo Possolo e Luciano Draetta, o crítico de cinema Christian Petermann, o cartunista Nicolielo, o escritor e roteirista Fernando Bonassi, o biógrafo Julio Maria, as atrizes Magali Biff e Bete Dorgam, o produtor musical Jacques Figueras, o dramaturgo Dib Carneiro Neto, o quadrinista e escritor Lourenço Mutarelli, os fotógrafos Marco Aurelio Olimpio e Cláudio Feijó, o ator armênio Arman Saribekyan (do Théâtre du Soleil).

E mais: a manipuladora de bonecos Andi Rubinstein, os artistas visuais Tiago Judas, Sylvia Furegatti e Marcia de Moraes, o bailarino Eduardo Fukushima, o percussionista e luthier Rômulo Nardes (Bixiga 70) e o diretor teatral Francisco Medeiros, entre muitos outros artistas de carreira consolidada e novos talentos em ascensão que levaram sua arte ao interior.

mascara-teatro

Os números ainda não são definitivos e podem aumentar à medida que novas propostas forem fechadas. Entre elas, estão as programações das regiões de Araraquara e São João da Boa Vista, o evento de aniversário da OC Candido Portinari, o Seminário de Gestão Cultural na cidade de Limeira, o MIA – Música Instrumental de Araçatuba e o segundo seminário de educação musical “Compasso Virtual”, em São Paulo. Enquanto isso, outras 23 cidades da Grande São Paulo dão prosseguimento às oficinas de longa duração do projeto Cine-Musical, iniciado em abril pela Oficina Metropolitana.

Destaques por Oficina – Trimestre julho a setembro de 2015

Oficina Cultural Carlos Gomes (Limeira)

WORKSHOP DE DESENHO URBANO
Coordenação: Eduardo Bajzek
14 e 15/8 – sexta-feira – 19h às 21h | sábado – 10h às 13h e 14h às 17h
Público: profissionais e estudantes de arquitetura, design e ilustração, a partir de 16 anos
Inscrições: 14/7 a 6/8
Seleção: carta de interesse
15 vagas

Com o objetivo de aprimorar a observação, a expressividade e a percepção dos participantes sobre a cidade, a atividade transmitirá técnicas voltadas ao desenho urbano, por meio de exercícios divididos em: exposição sobre o tema a ser desenvolvido, rápidos esboços, orientação individual, planejamento de percursos e saída pelas ruas e praças da cidade.

Graduado em Arquitetura e Urbanismo na Universidade Mackenzie e premiado pela American Society of Architectural Illustrators, Eduardo Bajzek trabalha há 17 anos como ilustrador. Apropriando-se da experiência adquirida na produção de mais de 1.800 ilustrações, ministra diversos cursos de desenho no Brasil e no exterior. Integrou-se ao grupo Urban Sketchers em 2009, e desde então têm realizado diversas atividades na área, incluindo a participação em simpósios internacionais em Lisboa, Santo Domingo, Barcelona e Paraty.

WORKSHOP: FOTOGRAFIA EM ESTÚDIO, ILUMINAÇÃO E DIREÇÃO
Coordenação: Luis Crispino
7 e 8/8 – sexta-feira – 18h30 às 21h30 | sábado – 9h30 às 12h30 e 13h30 às 15h30
Público: fotógrafos amadores e profissionais, a partir dos 18 anos
Inscrições: 14 a 30/7
Seleção: carta de interesse
15 vagas

O workshop será estruturado em dois momentos: inicialmente, Luis Crispino fará um relato de sua experiência profissional e de seus referenciais para a criação artística; a seguir, falará sobre a fotografia de beleza em estúdio e o uso de luz contínua. Na segunda etapa, apresentará equipamentos de iluminação e técnicas de direção no ato de fotografar, que serão testados em exercícios práticos com modelo e produção.

Luis Crispino dedica-se à fotografia profissional desde o início da década de 80, primeiro como fotógrafo freelancer, depois contratado pela Editora Abril. Após um ano em Madri, retoma o trabalho no Brasil em seu próprio estúdio, a partir de 1991. Especializado em moda e beleza, fotografou para as revistas VIP, Vogue e Playboy, e segue colaborando com as principais agências de publicidade e editoras brasileiras.

Oficina Cultural Candido Portinari (Ribeirão Preto)

OFICINA INTERGERACIONAL: JORNAL DE MEMÓRIA
Coordenação: Sheila Guimarães e Cristina Dias
4/8 a 17/9 – terças e quintas-feiras – 14h às 16h
Público: jovens a partir de 15 anos e terceira idade
Inscrições: 14/7 a 1/8
Seleção: primeiros inscritos
20 vagas (10 vagas para jovens e 10 vagas para terceira idade)

Por meio da contação de histórias, da produção de textos jornalísticos e de técnicas audiovisuais, a proposta desta atividade intergeracional é valorizar e reconstruir, de forma criativa, fragmentos da história dos participantes, materializando-os num pequeno jornal de memórias e num vídeo com o making off de todo o processo.

Sheila Guimarães é jornalista, formada pela Unaerp. Trabalha com assessoria de comunicação corporativa, mídias sociais e design gráfico. Realiza atividades de formação com a temática da memória e história de vida.

Cristina Dias é especialista em Gestão de Comunicação Organizacional e Eventos. Professora universitária, produtora audiovisual e jornalista, foi repórter e editora nos Canais Centro América (Mato Grosso), EPTV Ribeirão e TV Unaerp.

WORKSHOP: O ASSUNTO É PRODUÇÃO
Coordenação: Jacques Figueras
22/8 – sábado –10h às 17h (com uma hora de intervalo)
Público: interessados acima de 16 anos
Inscrições: 14/7 a 20/8
Seleção: primeiros inscritos
30 vagas

Este workshop sobre a gestão no mundo da música abordará os seguintes tópicos: evolução do mercado musical; como definir a carreira artística; etapas fundamentais de produção; principais habilidades empreendedoras necessárias para a produção musical.

O produtor e compositor francês Jacques Figueras está há nove anos no Brasil, de onde seu trabalho vem ganhando projeção no mercado internacional. Produziu “Song for Maura”, de Paquito D’Rivera e Trio Corrente, álbum que conquistou o Grammy Award de 2013 e Latin Grammy de 2014, ambos na categoria Melhor Álbum de Jazz Latino.

Oficina Cultural Timochenco Wehbi (Presidente Prudente)

WORKSHOP COM AQUILES PRIESTER
(PsychOctopus Tour 2015)
Coordenação: Aquiles Priester
20/8 – quinta-feira – 19h às 22h
Público: músicos e demais interessados a partir de 16 anos
Inscrições: 14/7 a 14/8
Seleção: carta de interesse
60 vagas

De forma descontraída, Aquiles Priester realiza um encontro no formato bate-papo e demonstrações na bateria Mapex Saturn IV de 40 peças. Além de orientar músicos e aspirantes na técnica e na utilização dessa bateria, Priester falará sobre questões relativas ao desenvolvimento artístico e profissional da carreira de um instrumentista: organização e rotina de estudos; composição, produção e gravação de CDs, DVDs e videoclipes; identidade do artista e imagem profissional; planejamento da carreira internacional.

Conhecido pelo seu trabalho nas bandas Hangar e Angra, Aquiles Priester foi considerado por doze anos consecutivos o melhor baterista de heavy metal do Brasil. Em 2015, foi eleito melhor baterista na categoria Hard Rock pelos leitores da revista americana Drum! Realizou diversas turnês e gravações de CDs e DVDs com bandas e artistas renomados mundialmente, como Tony MacAlpine, Vinnie Moore, Noturnall, Midas Fate e Blackwelder, entre outros.

EXPEDIÇÃO FOTOGRÁFICA: MAPEANDO TERRITÓRIOS DE PICTOGRAFIAS CONTEMPORÂNEAS
Coordenação: Renê Mainardi
29 e 30/8 – sábado e domingo – 9h às 12h e 14h às 17h
Público: iniciantes em fotografia, a partir de 18 anos
Inscrições: 14/7 a 21/8
Seleção: carta de interesse e portfólio
15 vagas

A proposta da atividade é iniciar o estudo da fotografia enquanto instrumento de mapeamento de territórios, à maneira das expedições artísticas do século XIX. Após apresentação de pesquisa sobre pictografias contemporâneas, serão realizadas incursões fotográficas pela cidade. As imagens obtidas serão selecionadas e publicadas em um blog.

Artista multimídia, Renê Mainardi atua nas áreas de artes visuais, cinema, música e fotografia. Formado em Rádio / TV e em Artes Plásticas, é pós-graduado em Arte-Educação e especialista em realização de documentários (pela Escuela Internacional de Cine y TV, em Cuba). Apresenta seu trabalho em mostras e exposições coletivas e individuais no Brasil e exterior.

Oficina Cultural Fred Navarro (São José do Rio Preto)

SARAU URBANO EDIÇÃO ESPECIAL: BIOGRAFIA, POEMA E MÚSICA
Coordenação: Coletivo Sarau Urbano
O Sarau Urbano Edição Especial: Biografia, Poema e Música é um evento que reúne a poesia do Sarau Urbano, discotecagem, o lançamento da biografia “Elis Regina – Nada Será Como Antes” e palestra do autor do livro, Julio Maria. Uma noite especial com literatura, música e Elis Regina. Apoio da Secretaria Municipal de Cultura, por meio da Casa de Cultura Profª Dinorath do Valle.

29/8 – sábado – 19h30 às 23h30
150 lugares
Classificação: livre
Local: Casa de Cultura Profª Dinorath do Valle: Praça Cacilda Becker, s/nº

Programa

19h30
Palestra: Os Caminhos de um Biógrafo – Dilemas e Desafios
Julio Maria, autor de “Elis Regina – Nada Será Como Antes”, abordará os problemas do biógrafo ao traçar o perfil de uma personagem polêmica como Elis. Outro tema em discussão será o embate entre aqueles que defendem restrições a biografias de personalidades públicas, como o movimento Procure Saber, e as editoras e escritores que advogavam por mudanças nas leis que proibiam essas obras – recentemente o Supremo Tribunal Federal aprovou por unanimidade a liberação de biografias não autorizadas pela pessoa retratada.

Julio Maria é repórter e crítico de música do Caderno 2 do jornal O Estado de S. Paulo. Na Rádio Estadão, apresenta a coluna Mais Música, trazendo entrevistas, reportagens, novidades, críticas e opiniões sobre o universo musical. Por dez anos, foi editor de cultura do Jornal da Tarde. Além da única biografia autorizada de Elis Regina, publicou “Palavra Cruzada” (entrevistas com 50 personalidades da cultura brasileira) e “Santificado Est” (biografia de Frei Galvão).

21h30
Lançamento do livro “Elis Regina – Nada Será Como Antes”
O livro do jornalista Julio Maria cobre a história da maior cantora do país, desde seus primeiros dias em Porto Alegre, quando cantava “Fascinação” ao lado das amigas nas escadarias do colégio, até sua despedida trágica aos 36 anos. A biografia é resultado de quatro anos de trabalho: na pesquisa de campo, foram realizadas 126 entrevistas e consultados inúmeros arquivos. Aclamado pela crítica, o livro figurou entre os mais vendidos em listas da Revista Época e de sites como Amazon e Saraiva.

22h
Sarau Urbano
Toda poesia é bem-vinda no Sarau Urbano, espaço de livre manifestação de intervenções artísticas, declamação de poemas e leitura de prosa. O foco musical da discotecagem será Elis Regina. Esta festa democrática da palavra acontece regularmente há quase dois anos, reunindo artistas, poetas, escritores e apaixonados por literatura. O evento é organizado por Luciana Pequim, Ricka Back Spin Crew e Bruno Fausto, do coletivo rio-pretense Sarau Urbano.

Oficina Cultural Sergio Buarque de Holanda (São Carlos)

SENTIMENTO CAIPIRA: CICLO DE CULTURA TRADICIONAL E CONTEMPORANEIDADE
26 a 28/8 – quarta a sexta-feira
“Sentimento Caipira” faz parte de um programa das Oficinas Culturais que busca refletir sobre o lugar da cultura tradicional no contexto contemporâneo.
Em três dias, São Carlos realiza um pequeno festival de arte caipira, com exposição de artes plásticas, visitas monitoradas, contação de histórias e causos, música, dança e palestras.

ATELIÊ E CONCERTO COM MACUNAIMING DUO
Macunaiming Duo (Fábio Godoi e Andrés Castellani)
24/8 – segunda-feira – 19h às 21h
Classificação: livre
200 lugares

ATELIÊ: RODA DE VIOLA APRESENTAÇÃO: HISTÓRIAS DA MÚSICA CAIPIRA
Mirtes Mesquita e Fábio Miranda
27/8 – quinta-feira: Ateliê: 14h às 17h
Apresentação: 20h
Classificação: livre
130 lugares
Local: Centro Cívico Cultural – Anfiteatro Municipal: Avenida Quinze de Maio, s/nº

Oficina Cultural Grande Otelo (Sorocaba)

PROJETO ESPECIAL: POÉTICAS DO INACABADO
“Poéticas do Inacabado”, projeto concebido como um diálogo permanente entre pensamento, criação e público, é constituído de workshops preparatórios e, posteriormente, de intervenções artísticas nos tapumes que circundam obra de restauro do icônico prédio da Oficina Cultural Grande Otelo, na Praça Frei Baraúna. O processo será conduzido por quatro artistas sorocabanos e pelo grupo convidado Pparalelo de Arte Contemporânea: de forma colaborativa, juntamente com os participantes dos workshops, os artistas desenvolverão inserções poéticas pensadas para potencializar o espaço urbano como plataforma de expressão da arte contemporânea.

WORKSHOP DE ESTÊNCIL E GRAFFITI
Coordenação: FITE
1 e 8/8 – sábados – 14h às 17h
29/8 – sábado – 10h às 17h (intervenção artística)
Público: estudantes de artes visuais, artistas e demais interessados a partir de 18 anos
Inscrições: 14 a 29/7
Seleção: currículo
5 vagas

O workshop apresentará técnicas, materiais e recursos utilizados na “street art”, enfocando especialmente a utilização das máscaras de estêncil na criação de graffitis. Os participantes terão como referência imagética as artes e a Oficina Cultural Grande Otelo, e os trabalhos produzidos tomarão parte da composição final a ser aplicada nos tapumes.

Dois artistas do graffiti – Will Ferreira, também escultor e pintor, e Michel Japs, designer gráfico – uniram forças e criaram o FITE, projeto que tem como objetivo expandir as fronteiras das Artes de Rua.

WORKSHOP: ORIGENS E METAMORFOSES
Coordenação: Adriana Dias
1 e 8/8 – sábados – 14h às 17h
29/8 – sábado – 10h às 17h (intervenção artística)
Público: estudantes de artes visuais, artistas e demais interessados a partir de
18 anos
Inscrições: 14 a 29/7
Seleção: currículo
5 vagas

Uma imagem pinçada da produção recente da artista Adriana Dias será o ponto inicial para o trabalho a ser desenvolvido no workshop: de forma colaborativa e com o uso de instrumentos e materiais diversos, os participantes serão estimulados a propor metamorfoses, narrativas e ficções a serem agregadas ao desenho inicial.

Adriana Dias realizou exposições individuais e participou de coletivas em diversas instituições, como Funarte e MAC-Paraná. Atualmente cursa mestrado em Artes Visuais na Unicamp. É coorganizadora do livro “Entre Linhas, Formas e Cores: Arte na Escola”. Foi uma das contempladas pelo edital do Projeto de Interferências Artísticas Camada Superficial, realizado em 2014 pelas Oficinas Culturais.

WORKSHOP: VIA LÁCTEA
Coordenação: Lucia Castanho
18 e 25/8 – terças-feiras – 14h às 17h
29/8 – sábado – 10h às 17h (intervenção artística)
Público: interessados a partir de 18 anos, que tenham o desenho como prática artística
Inscrições: 14/7 a 14/8
Seleção: currículo
5 vagas

Oficina Cultural Altino Bondesan (São José dos Campos)

Nesta oficina, os percussionistas do Bixiga 70, Rômulo Nardes e Gustávo Cék, abordam os ritmos e estilos do repertório da banda, bem como os seus processos de estudo, as fontes de pesquisa e a elaboração dos arranjos. O principal objetivo é ampliar as possibilidades de comunicação entre instrumentos percussivos e harmônicos e criar um ambiente de experimentação, fundindo diferentes vertentes em um processo coletivo que culminará em uma apresentação/mostra de processo.

Formada em 2010, a banda Bixiga 70 produz um afrobeat fora do lugar comum, que conversa com o soul, o jazz, o funk e o samba-rock em composições executadas com personalidade. Após uma turnê internacional em 2014, Bixiga 70 foi eleita Banda Revelação no 25º Prêmio de Música Brasileira.

Oficina Cultural Tarsila Amaral (Marília)

WORKSHOP: O SEGREDO DO TEATRO DE SOMBRAS
Coordenação: Andi Rubinstein
18 e 19/9 – sexta-feira – 14h às 20h | sábado – 9h às 12h e 13h às 16h
Público: atores profissionais ou amadores e estudantes de teatro a partir de 16 anos
Inscrições: 14/7 a 11/9
Seleção: primeiros inscritos
20 vagas

Oficina Cultural Gerson de Abreu (Iguape)

WORKSHOP DE ENCADERNAÇÃO ARTÍSTICA: COSTURA SECRETA BELGA
Coordenação: Danielly Keystone e Romulo Nascimento (Atelier Schizzi)
15 a 22/8 – sábados – 10h às 13h e 14h às 17h
Público: interessados a partir de 14 anos
Inscrições: 14/7 a 14/8
Seleção: primeiros inscritos
20 vaga

PARADA POÉTICA
Palestrante: Renan Inquérito
17/9 – quinta-feira – 14h
Classificação: 14 anos
120 lugares
Local: E.E. Cel. Jeremias Junior: Rua David Coda, 162

REGIÃO DE ARAÇATUBA

MIA – MÚSICA INSTRUMENTAL EM ARAÇATUBA
OFICINA: FOTOGRAFIA DE PALCO
Coordenação: Marco Aurélio Olímpio
25 e 26/8 – terça e quarta-feira – 19h às 22h
27 a 30/8 – Saída fotográfica orientada – prática no Música Instrumental Araçatuba
31/8 – segunda-feira – 19h às 22h – análise do material e feedback para os participantes
Assessoramento individual aos participantes – de 26/8 a 29/8 – 16h às 17h
Público: fotógrafos profissionais ou amadores com conhecimentos técnicos e que possuam equipamento próprio, a partir de 16 anos

ESPETÁCULO: LOU&LEO
Direção: Nelson Baskerville
23/9 – quarta-feira – 20h30
Classificação: 18 anos
200 lugares
Local: Teatro Castro Alves: Rua Duque de Caxias, 29 – Centro

Oficina Cultural Pagu (Santos)


PROJETO ESPECIAL: PLÍNIO MARCOS 80 ANOS
Para promover o contato do público com a obra do grande dramaturgo santista Plínio Marcos, que completaria 80 anos em setembro de 2015, a Oficina Cultural Pagu realiza um projeto especial composto por oficina, espetáculo e intervenções em diversos espaços da Cidade.

Parceria: Secretaria Municipal de Cultura – Prefeitura de Santos

OFICINA TEATRAL: PLÍNIO MARCOS E O TEATRO MAL-DITO
Coordenação: Paula D’ Albuquerque
24/8 a 21/9 – segundas e quartas-feiras – 19h às 21h
Público: atores, diretores, bailarinos, artistas plásticos, psicólogos e demais interessados a partir de 18 anos
Inscrições: 14/7 a 21/9
Seleção: primeiros inscritos
20 vagas

A partir da obra dramatúrgica de Plínio Marcos, os participantes poderão entrar em contato com os exercícios básicos do jogo teatral e da improvisação. Haverá a leitura comentada de trechos de seus principais textos, que servirão de base para uma criação coletiva.

Paula D’Albuquerque é atriz e diretora teatral. Licenciada em História com especialização em Arte-Educação, iniciou sua carreira no teatro em 1997. Atualmente dirige a companhia santista Oficina do Imaginário e está em cartaz com o espetáculo “Gotas de Codeína”.

ESPETÁCULO: PLÍNIO MARCOS, NAS QUEBRADAS DO MUNDARÉU
Oficina do Imaginário
Classificação: 18 anos
50 lugares por apresentação (retirada de senhas meia hora antes do início do espetáculo)

29/9 – terça-feira – 20h
Oficina Cultural Pagu: Rua Espírito Santo, 17 – Campo Grande

2/10 – sexta- feira – 20h
Instituto Arte no Dique: Avenida Brigadeiro Faria Lima, 1349 – Jardim Radio Clube

A montagem traz fragmentos das obras de Plínio Marcos que retratam os excluídos da sociedade, e que são alinhavados por citações do próprio dramaturgo, personificado em cena como o Camelô. Direção: Paula D’ Albuquerque. Elenco: Dino Menezes, Rosane Paulo, Alex Menezes, Deia Oliveira, Wagner Bastos, Marcus di Bello, André Cajaiba e Priscila Calazans.

O grupo santista Oficina do Imaginário está imerso na pesquisa da obra de Plínio Marcos há dois anos, e entende que sua dramaturgia continua atual e, sobretudo, necessária. Criada em 2009, realizou os espetáculos “Akrobakus”, “Baila Comigo?” e “Negrinha” (indicado ao prêmio CPT de melhor espetáculo do interior e litoral). Atualmente, a Oficina do Imaginário ensaia o espetáculo “Processo R”.

INTERVENÇÃO URBANA “TE CONTO ÀS 18”
Oficina do Imaginário
29/9 a 2/10 – terça a sexta-feira – 18h
Classificação: Livre

Performances teatrais, com duração de 15 minutos, serão apresentadas durante quatro dias de intervenções em quatro pontos de Santos. A partir da linguagem performática e do teatro de rua, o trabalho busca a ruptura da barreira dramatúrgica, colocando as personagens em cenários reais e promovendo o contato da população com a obra de Plínio Marcos.

Programa:
Balada De Um Palhaço

29/9 – terça-feira – Praça Mauá – Centro
30/9 – quarta-feira – Terminal de Ônibus do Valongo – Centro
1/10 – quinta-feira – Boulevard Othon Feliciano – Gonzaga
2/10 – sexta feira – Avenida Vereador Álvaro Guimarães, 148 – Rádio Clube (calçada em frente ao Supermercado Krill)

Dois Perdidos Numa Noite Suja
29/9 – terça feira – Avenida Vereador Álvaro Guimarães, 148 – Rádio Clube
(calçada em frente ao Supermercado Krill)
30/9 – quarta feira – Boulevard Othon Feliciano – Gonzaga
1/10 – quinta-feira – Terminal de Ônibus do Valongo – Centro
2/10 – sexta-feira – Praça Mauá – Centro

Navalha Na Carne
29/9 – terça-feira – Terminal de Ônibus do Valongo – Centro
30/9 – quarta-feira – Praça Mauá – Centro
1/10 – quinta-feira – Avenida Vereador Álvaro Guimarães, 148 – Rádio Clube (calçada em frente ao Supermercado Krill)
2/10 – sexta-feira – Boulevard Othon Feliciano – Gonzaga

Querô – Uma Reportagem Maldita
29/9 – terça-feira – Boulevard Othon Feliciano – Gonzaga
30/9 – quarta-feira – Avenida Vereador Álvaro Guimarães, 148 – Rádio Clube (calçada em frente ao Supermercado Krill)
1/10 – quinta-feira – Praça Mauá – Centro
2/10 – sexta-feira – Terminal de Ônibus do Valongo – Centro

Veja também!...

1 Comentário

  1. 30 de julho de 2015

    […] Oficinas Culturais do Estado de São Paulo divulga cursos gratuitos e programação cultural […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>