Coletivo Cultural Sankofa promove sarau que aborda a violência contra homossexuais

Com o objetivo de promover um encontro de vozes contra tudo o que é reprimido na sociedade, o Coletivo Cultural Sankofa realiza no dia 11 de julho, o Sarau Proibido, na sede da Sociedade Amigos de Vila Ré (SAVRE), localizada na zona leste de São Paulo.

A necessidade de falar sobre a relação das pessoas com seus corpos de forma natural, sem medo ou culpa é o tema central do encontro, que visa de forma leve e poética trazer à tona os assuntos tidos como tabus. Durante o encontro o microfone estará aberto para todos os participantes e os interessados terão até 10 minutos para apresentar seus trabalhos artísticos.

sarau

Segundo o coordenador do projeto, Anderson Maciel, o intuito do Sarau é desconstruir os discursos de ódio para dar lugar as diversas formas de amar.“ É colocar em pauta as violências que as pessoas homossexuais sofrem em casa, na rua, na escola, na igreja e nas instituições que deveriam garantir seus direitos. O objetivo é contribuir coma desconstrução das proibições ao qual nossos corpos são construídos”, conta.

O Sarau Proibido é a atividade de abertura do projeto “Quem vai chorar por eles?”, iniciativa do Coletivo Cultural Sankofa, contemplado pelo Programa de Valorização de Iniciativas Culturais (VAI) da Secretaria de Cultura da Prefeitura de São Paulo.

“Quem vai chorar por eles?” é um projeto que propõe denunciar, por meio de ações artísticas e culturais, a violência sofrida pela população homossexual e a necessidade de discutir a criminalização da homofobia. O Sarau Proibido é apenas uma das ações. Encontros sobre a questão LGBT, sessões de cinema com debate, intercâmbios entre grupos, mostras artísticas e apresentações teatrais são algumas das outras atividades que integram o projeto e serão promovidas ao longo de 2015.

 

Serviço:

Sarau Proibido do Coletivo Cultural Sankofa

SAVRE
Rua Pangauá, 669, Vila Ré (Metrô Patriarca)
Dia 11 de julho, das 19h às 22h
Grátis.

Veja também!...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>