Teatro do Incêndio mergulha no mito para ritualizar a dor em nova encenação

Divulgação

Divulgação

Neste sábado (14 de novembro), o Teatro do Incêndio estreia o espetáculo De Dionísio para Koré, às 21h. Com direção de Marcelo Marcus Fonseca e Gabriela Morato, a montagem é baseada no livro homônimo de autoria de Fonseca. A temporada segue até 13 de dezembro.

Do encontro com a obra Júbilo, Memória, Noviciado da Paixão, de Hilda Hilst, o diretor Marcelo Marcus Fonseca criou 42 poemas sintéticos que contam a trajetória de Koré (Perséfone jovem), seduzida por Dionísio e transformada nele próprio para devolver-lhe a dor. Escrito em três dias, o livro busca o ponto de vista do Deus grego despedaçado e renascido, em diálogo constante com a obra de Hilst.

 

Divulgação

Divulgação

O espetáculo é uma aventura pela dança e pelo ritual, estabelecendo uma relação mística com a plateia em busca da celebração dos mistérios de Elêusis e Delfos. Fruto de encontros de núcleos de pesquisa de performance, teatro multimídia e cenografia, promovidos pelo grupo. A peça estabelece uma relação entre público e espaço cênico, levando o espectador a um mergulho sensitivo.

Divulgação

Divulgação

Serviço:

De Dionísio para Koré
Teatro do Incêndio
Rua Treze de Maio, 53, Bela Visa
Sábados, às 21h, e domingos, às 20h
De 14 de novembro a 13 de dezembro
R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia)
Recomendando para maiores de 16 anos
45 minutos.

Veja também!...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>