Thiago Granato dá início à trilogia abordando ausência de coreógrafos mortos

A morte pode ser um tema sombrio ou não. É percorrendo a fronteira entre a dor e a saudade, entre o conhecido e o inominável, que o performer Thiago Granato dança para os coreógrafos Hijikata Tatsumi (1928-1986) e Lennie Dale (1934-1994).

(Divulgação)

(Divulgação)

Tatsumi foi um dos criadores do butô. Já Dale, um dos fundadores do grupo Dzi Croquettes. Os legados de ambos serviram de inspiração para Granato, que propõe uma criação coletiva e póstuma com os dois criadores.

Treasured in the Dark (Apreciado no Escuro) é a primeira parte da trilogia coreoversações em que solos recebem colaboração imaginária de coreógrafos mortos, vivos ou que ainda não nasceram.


Treasured in the Dark (Apreciado no Escuro)
Thiago Granato
27 e 28 de fevereiro
Sábado, 21h; domingo, 19h
Sesc Pompeia
R$ 25

Veja também!...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>