Siameses estreia “pedra filosofal coreográfica” de trilogia sobre Alquimia

Uma longa pesquisa sobre o universo da Alquimia chega ao fim. A Companhia de Dança Siameses estreia nesta sexta (23) a peça Rubedo, dirigida pelo coreógrafo Maurício de Oliveira. A curta temporada será realizada somente até sábado (24) no Teatro Anchieta do Sesc Consolação.

Foto: Celso Doni (Divulgação)

Foto: Celso Doni (Divulgação)

Rubedo é a parte final da trilogia sobre os estados alquímicos de transformação da matéria. A obra sucede Nigredo (2012), vencedora do prêmio Bravo! de melhor espetáculo de dança daquele ano, e Albedo (2014). Mas, é fechando o ciclo que o coreógrafo parece ter encontrado a sua “pedra filosofal coreográfica”.

Após a companhia fundada por ele em São Paulo completar dez anos, Rubedo atinge, assim como consideram os alquimistas, um estágio de esplendor. O elenco com cinco intérpretes-criadores, manipula e veste adereços cenográficos inusitados – como gigantes perucas, máscaras horrendas e barbas postiças. Uma projeção com a técnica de videomapping vai criar uma fusão entre real e virtual, fazendo o público ter a sensação de ver um filme ao mesmo tempo em que vê dança.

Apesar da forte carga temática que remete às experiências alquímicas, Rubedo também é resultado de um profundo estudo dos escritos do estadunidense James Hillman (1926-2011), que deixou um legado teórico sobre a psicologia arquetípica, tornando-se um grande destaque entre os analistas pós-junguianos.


Rubedo
Companhia de Dança Siameses
23 e 24 de setembro
Sexta e sábado, 21h
Sesc Consolação – Teatro Anchieta
R$ 6 a R$ 20
Ingressos antecipados à venda nas bilheterias da rede Sesc SP ou pelo portal
50 minutos
16 anos

Veja também!...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>