Sr. Green visita Santos no feriadão de Tiradentes

Nesta sexta (21) e sábado (22), Sergio Mamberti incorpora o solitário e rabugento Sr. Green na Baixada Santista. Acompanhado do ator Ricardo Gelli e com direção de Cassio Scapin, a dica é correr para o teatro depois de pegar uma praia em Santos.

Foto: Ale Catan (Divulgação)

Foto: Ale Catan (Divulgação)

Dedicado a cargos políticos no Governo Federal, tendo sido inclusive presidente da Funarte, Mamberti estava há mais de uma década longe dos palcos. A peça Visitando o Sr. Green marca também o reencontro do eterno tio Victor com o peralta Nino, vivido por Scapin, no Castelo Rá-Tim-Bum. Mas, desta vez, o sobrinho é quem está na direção. Parece que o jogo virou, né naum?

Brincadeiras à parte, para Scapin a remontagem do texto do dramaturgo Jeff Baron, além deste reencontro icônico, tem uma carga afetiva muito grande. Pois, 15 anos atrás, ao lado de Paulo Autran, era ele quem fazia o papel de Ross Gardner. Atualmente interpretado por Gelli, refere-se ao jovem que vai tumultuar a pacata e solitária rotina do Sr. Green. Mamberti ainda aproveita a temporada para voltar a sua terra natal. Simmmm, tio Victor é santista!

O drama é emocionante. Trata de uma situação simples, mas que revela a complexidade das relações humanas. As tais visitas ao Sr. Green se dão pela condenação a prestação de serviços comunitários após Gardner cometer uma imprudência no trânsito.  Como pena para o atropelamento que causou, deve encontrar semanalmente o judeu ortodoxo já idoso e que vive isolado em seu apartamento. Desde que foi escrita em 1996, a história da amizade que nasce na adversidade ganhou versões em 15 línguas em mais de 20 países.


Visitando o Sr. Green
com Sergio Mamberti e Ricardo Gelli
21 e 22 de abril
Sexta e sábado, 20h
Sesc Santos
R$ 20
12 anos
90 minutos

Veja também!...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>