O que podemos doar na Grande Recolha de Alimentos?

A Grande Recolha de Alimentos é uma campanha anual que realizam, em conjunto, os 56 Bancos de Alimentos da Espanha. A campanha inicia neste próximo dia 1 de dezembro e vai durar todo o dia de sexta-feira e do sábado. Em Alimmenta recentemente nos perguntávamos se haverá gente que tem dúvidas sobre quais alimentos doar. Além de pacote de macarrão ou arroz -alimentos, por outra parte, nada desprezíveis – há outras opções práticas e nutricionalmente interessantes. Por isso, entramos em contato com a Federação Espanhola de Bancos de Alimentos para saber quais são suas prioridades. Tendo em conta as recomendações habituais da Federação, a nutricionista-nutricionista Jessica Ferro se colocou na frente da câmera de Alimmenta para relatar “o Que podemos doar?” nesta Grande Recolha de Alimentos 2017.
Geralmente, a Federação Espanhola de Bancos de Alimentos recomenda doar alimentos não perecíveis e acondicionados em recipientes que NÃO sejam de vidro, algo que facilita seu transporte. Você pode colaborar com produtos básicos como cereais, legumes, leite ou óleo, e também com produtos como molhos, sumos de frutas ou frutos secos. Também é interessante fornecer alimentos cozidos, conservas e alimentos para bebés, leite em pó ou potitos. Jessica Ferro vos estende as informações neste vídeo que vos convidamos você a compartilhar nas redes.
E lembre-se, este fim-de-semana, nos dias 1 e 2 de dezembro, cadeias de alimentação, empresas de transporte e logística, bem como meios de comunicação, fundações e também muitas pessoas voluntárias, deve recorrer-se a fundo para tentar superar a cifra do ano passado: 22 milhões de quilos de alimentos, a cifra mais alta que a Federação de Bancos de Alimentos recolhida até a data. No ano passado, cerca de 129.000 voluntários participaram da jornada, pegando uma média de 170,5 kg cada um. A Federação Espanhola de Bancos de Alimentos “conta contigo”.