Inscrições abertas para o Coro Antropofágico do CCSP

  • Inscrições de 23/05 a 09/06 pelo link
  • Ensaios a partir de 14/06. Terças e quintas, das 19h00 às 22h00
  • Na Sala de Ensaio 1
  • Classificação Indicativa: livre
  • Grátis
  • Não é preciso ter experiência ou saber ler partitura
  • Para mais informações, escreva para acaoccsp@gmail.com

Em comemoração aos 40 anos do CCSP – e também no mesmo ano em que se destaca o marco dos 100 anos da Semana de Arte Moderna – a Supervisão de Ação Cultural  retoma a vocação do CCSP em formar e manter coros populares e abre inscrições para a formação do Coro Antropofágico, um novo grupo comunitário de produção artístico-educacional aqui no Centro Cultural. A partir de um trabalho de pesquisa de repertório em seus acervos musicais, como os da Discoteca Oneyda Alvarenga e do Acervo de Pesquisas da Missão Folclórica, as atividades do coro vão promoverão o canto entre a população, desvendarão obras musicais dos acervos salvaguardados no CCSP e apresentarão, ao final do ano, um concerto aberto e gratuito ao público. 

Para participar, será necessário se inscrever pelo formulário e aguardar a confirmação da participação. No mais, serão feitas audições com os participantes para estabelecer os naipes musicais; o Coro iniciará seus ensaios em junho, com encontros duas vezes por semana, em horário noturno, no Centro Cultural São Paulo, com a regência do maestro Rafael Barrera, que terá apoio de monitores-bolsistas de naipe e um pianista acompanhador (do Instituto de Artes da UNESP, parceira do projeto). Não é necessário saber ler partitura ou ter experiência em coro para se inscrever. Participe!

Cronograma de ensaios

Junho/22 – (05 ensaios) 14, 21, 23, 28 e 30; 

Julho/22 – (08 ensaios) 05, 07, 12, 14, 19, 21, 26 e 28; 

Agosto/22 – (09 ensaios) 02, 04, 09, 11, 16, 18, 23, 25 e 30; 

Setembro/22 – (08 ensaios) 06, 08, 13, 15, 20, 22, 27 e 29; 

Outubro/22 – (08 ensaios) 04, 06, 11, 13, 18, 20, 25 e 27; 

Novembro/22 – (07 ensaios) 01, 03, 08, 10, 17, 22 e 29; 

Dezembro/22 – (05 ensaios) 01, 06, 08, 13 e 15; 

Fevereiro/23 – (06 ensaios) 07, 09, 14, 16, 23 e 28; 

Março/23 – (09 ensaios) 02, 07, 09, 14, 16, 21, 23, 28 e 30.

Total: 65 ensaios

Sobre o regente Rafael Barrera

Pós-graduando em Regência Coral pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), Rafael Barrera graduou-se em Licenciatura em Música pelo Instituto de Artes da Universidade Estadual Paulista (IA UNESP) onde também cursa o Bacharelado em Direção de Orquestras. Concluiu na Escola de Música do Estado de São Paulo (EMESP – Tom Jobim) a Formação Avançada em Regência Coral, e o programa de canto e gaita cromática e diatônica pela Escola de Música e Tecnologia (EM&T-SP). Estudou com professores de grandes instituições como a Universidade de São Paulo (USP) além de ter sido bolsista do programa Berklee On The Road, da Berklee College of Music (USA). Realizou masterclasses junto ao Coro da Osesp, Coro Acadêmico da Osesp e Coral Jovem do Estado de São Paulo, recebendo orientações de importantes maestros do cenário internacional como Valentina Peleggi (ITA), regente na English National Opera; Rolf Beck (ALE), diretor musical e fundador da Chorakademie Lübeck; e Agnieszka Franków-Zelazny (POL), diretora artística da Wroclaw Philharmonic Choir. Foi regente titular do Coro Juvenil do Colégio ETAPA, onde também lecionou no ensino regular, regente titular dos grupos corais infantis do Instituto Baccarelli, regente convidado no GURI Santa Marcelina e monitor do Coro Juvenil da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (OSESP). É bolsista no Coral da UNESP e lecionou o conteúdo de Percepção Musical e Teoria no projeto de extensão universitária Cursinho Pré-vestibular de Música – Da Capo (IA- UNESP). Tem seus estudos e pesquisas acadêmicas voltadas à formação e ao papel do Regente-Educador, entendido como aquele que abrange e compreende a intersecção entre a música, a educação e a gestão de pessoas. Por essa ampla formação, já atuou em apresentações e gravações com o CoralUSP e OSUSP, Coro de Câmara e Orquestra Acadêmica da UNESP e com o Coro Juvenil da OSESP em locais como a Sala São Paulo, o Theatro Municipal de São Paulo, além de ter participado como aluno e regente no Festival Internacional de Inverno de Campos do Jordão.

Fonte: Centro Cultural

Créditos de todas as imagens: Centro Cultural

Deixe um comentário